terça-feira, 12 de outubro de 2010

Mais de um terço das mulheres são obrigadas ao sexo

Mais de um terço das mulheres do mundo já foi ou é constantemente surrada, abusada ou forçada a manter relações sexuais por um companheiro ou um membro da família, alertou Zou Xiaoqaio, vice-presidente do Comitê para a Eliminação da Discriminação Contra as Mulheres, órgão da ONU.
Zou Xiaoqaio disse que a violência sexual só aumenta no mundo, apesar das campanhas da ONU e de outras organizações para combatê-la.



"As mulheres continuam sendo estupradas e vítimas de outras formas de violência sexual com impunidade em todo o mundo", destacou - afirmando que, em alguns países, as acusações de estupro podem ser invalidadas se o agressor aceitar se casar com a vítima.
"Mulheres e meninas continuam sendo vendidas para o sexo em todo o mundo. Duas milhões de meninas entre cinco e 15 anos entram para o mercado sexual a cada ano"

3 comentários:

Thayara Cristina disse...

Sabemos que não é necessário que ninguém nos dê dados de mulheres que sofrem qualquer tipo de abuso, pois basta sairmos de casa e analisar a nossa própria vizinhança, assim encontraremos casos e casos. É como uma epidemia que se espalha rapidamente.
Absurdo é como tais países respondem a essas agressões. Se bem que o nosso próprio país não faz o seu dever.
Nem nós mesmos fazemos ... triste realidade!

Nicole Rodrigues disse...

Parabéns pelo seu post sobre esse assunto que é tão real e comum na vida das mulheres e tão pouco discutido e principalmente tratado no âmbito social e jurídico.

Muito me alegra encontrar posts dessa natureza escritos por homens, que são os algozes de toda essa violência.

Meus sinceros parabéns e receba meus cumprimentos e admiração.

Anônimo disse...

Good words and no deeds.